O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI), vinculado ao Instituto de Ciências Sociais Aplicadas (ICSA) da Universidade Federal do Pará (UFPA), foi aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) em 2016 como curso de Mestrado Acadêmico em Ciência da Informação. O Programa possui nota 3 na Avaliação Quadrienal 2017 da CAPES.

O campo da Ciência da Informação estuda as propriedades e o comportamento da informação, as forças que regem seu fluxo, e o meio de processá-la para melhorar seu acesso e uso.

Neste contexto, a proposta do PPGCI objetiva a formação e capacitação de profissionais com perspectiva interdisciplinar e capacidade de reflexão crítica de teorias e práticas relacionadas à organização, mediação e uso da informação, em busca do desenvolvimento e aplicação do conhecimento.

A criação do Programa vem atender a demanda de profissionais e técnicos da Região Amazônica por cursos stricto sensu na área da Ciência da Informação que, por falta de oportunidades, acabavam por buscar formação em outras regiões ou países. Nesse sentido, o PPGCI contribuirá para a difusão da formação e pesquisa em nível de pós-graduação na área, além de aprimorar o enfoque e a discussão de problemas e de soluções no âmbito da organização, mediação e do uso da informação na Região Amazônica. Atualmente o Programa se estrutura a partir da Área de Concentração “Gestão da Informação e Organização do Conhecimento” e de duas Linhas de Pesquisa: “Mediação e Uso da Informação” e “Organização da Informação”. O corpo docente é formado por vinte e um professores, sendo dezoito permanentes e três colaboradores. 

 

Autoavaliação PPGCI ICSA UFPA

O grande impulso para o processo de autoavaliação do Programa iniciou no ano de 2019 com o lançamento do relatório do Grupo de Trabalho de Autoavaliação de Programas de Pós-Graduação da CAPES. O planejamento e desenvolvimento foi organizado como um dos elos finais da estrutura de planejamento estratégico do Programa e, consequente, da formalização do desenvolvimento dos elementos condutores fundamentais como são a visão, missão e valores do PPGCI/UFPA. O processo de autoavaliação foi discutido e definido enquanto as suas bases e metodologias pela Comissão de Autoavaliação.

O princípio básico da autoavaliação é a liberdade de expressão, sendo utilizado um instrumento anônimo para as respostas dos diferentes estamentos incluídos nas consultas. Este processo parte da perspectiva que cada estamento do Programa tenha sobre qualidade, expressa como sua percepção de valor agregado recebido. Isto indica a medição da capacidade de entregar valor agregado por parte do cadastramento da comunidade.

 

Portaria N. 1/2021, de 09 de março de 2021

Composição da comissão:

Prof. Dr. Cristian Berrío-Zapata, Vice-Coordenação (PPGCI)

Profa. Dra. Franciele Marques Redigolo, Coordenação (PPGCI)

Profa. Dra. Marise Teles Condurú, Representante Comissão (APCN PPGCI)

Prof. Dr. Fernando de Assis Rodrigues, Representante Docente

Prof. Dr. Gilberto Gomes Cândido, Representante Docente

Profa. Dra. Natália Marinho do Nascimento, Representante Docente

Camila do Nascimento Brito, Representante Discente

Suelene Santana Assunção, Representante Discente

Me. Ester Ferreira da Silva, Representante Egressos

Me. Rodrigo Oliveira de Paiva, Representante Egressos

Prof. Dr. Gustavo Silva Saldanha, Parecerista Externo (IBICT/UFRJ)

Profa. Dra. Lena Vania Ribeiro Pinheiro, Parecerista Externo (IBICT)

Profa. Dra. Mariângela Spotti Lopes Fujita, Parecerista Externo (UNESP)

Profa. Dra. Marta Ligia Pomim Valentim, Parecerista Externo (UNESP)

Prof. Dr. Maurício Lissovsky, Assessor Externo (PROPESP/UFPA)

Eunice da Conceição Borges, Representante Corpo Técnico

Ester Souza Rolo, Representante Corpo Técnico

 

Plano de Desenvolvimento da Unidade (PDU) PPGCI ICSA UFPA

O objetivo do PDU é refletir, planejar e controlar as ações por meio das quais as subunidades da UFPA possam se articular e contribuir com a missão, visão e valores institucionais, a partir de um plano estratégico próprio, formalizado e fundamentado no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), no PDU do seu instituto de abrigo, neste caso o ICSA, e na sua própria missão e visão. 

O Programa faz sua proposta de missão, visão e valores, considerando a análise do contexto em que se desenvolve e os alvos dos seus stakeholders ou grupos de interesse. Esse nível de declarações estratégicas se desdobra em ações organizadas no seu plano tático, que inclui objetivos, metas, ações, indicadores, termos de tempo e responsáveis. Sendo uma pós-graduação nova e pioneira na Amazônia, era necessário ter um período inicial de aprendizado e reflexão, que, em conjunto com a experiência e dados acumulados durante o primeiro quadriênio, permitisse ter uma visão clara dos elementos estratégicos (contexto e particularidades do curso, características específicas da comunidade, demandas dos grupos de interesse ou stakeholders) antes de lançar uma proposta.

 

Portaria N. 2/2021, de 24 de maio de 2021

Composição da Comissão:

Prof. Dr. Cristian Berrío-Zapata, Vice-Coordenação (PPGCI)

Profa. Dra. Franciele Marques Redigolo, Coordenação (PPGCI)

Profa. Dra. Marise Teles Condurú, Representante Comissão (APCN PPGCI)

Prof. Dr. Fernando de Assis Rodrigues, Representante Docente

Prof. Dr. Gilberto Gomes Cândido, Representante Docente

Profa. Dra. Natália Marinho do Nascimento, Representante Docente

Camila do Nascimento Brito, Representante Discente

Suelene Santana Assunção, Representante Discente

Me. Ester Ferreira da Silva, Representante Egressos

Me. Rodrigo Oliveira de Paiva, Representante Egressos

Prof. Dr. Gustavo Silva Saldanha, Parecerista Externo (IBICT/UFRJ)

Profa. Dra. Lena Vania Ribeiro Pinheiro, Parecerista Externo (IBICT)

Profa. Dra. Mariângela Spotti Lopes Fujita, Parecerista Externo (UNESP)

Profa. Dra. Marta Ligia Pomim Valentim, Parecerista Externo (UNESP)

Prof. Dr. Maurício Lissovsky, Assessor Externo (PROPESP/UFPA)

Eunice da Conceição Borges, Representante Corpo Técnico

Ester Souza Rolo, Representante Corpo Técnico